15 de Junho, 2024
Edit Content
5 dicas da ciência que ninguém te conta para cuidar da sua saúde mental
ArtigosCiênciaFabiano AbreuSaúde Mental

Cuidar da saúde mental tornou-se uma necessidade nos dias de hoje devido à grande quantidade de casos relacionados à saúde mental e emocional, fazendo com que alguns cuidados precisem ser tomados para prevenir e cuidar de problemas do tipo.

No entanto, de acordo com cientista luso, Pós PhD em neurociências, membro da Society for Neuroscience nos Estados Unidos, Dr. Fabiano de Abreu Agrela, é possível cuidar da sua mente com alguns cuidados simples, mas pouco difundidos.

Quando se fala em cuidar da saúde mental existem alguns cuidados bastante conhecidos relacionados a dieta, descanso, exercícios, trabalho, entre outros. Mas não vou falar de alimentação, exercícios físicos e horas de sono que já batemos muito nesta tecla, gosto sempre de trazer algo novo para cuidados com saúde mental“.

5 dicas que ninguém te conta para cuidar da saúde mental

1. Tomada de Decisão Consciente: “Quando precisar fazer algo importante, tome a decisão rapidamente sem hesitar muito, isso fortalece a região do seu cérebro ligada à inteligência, o córtex pré-frontal, o que exercita a mente e fortalece a neuroplasticidade“.

2. Controlo dos Pensamentos: “Para afastar pensamentos negativos, distraia sua mente com tarefas que exijam concentração e te obrigue a pensar em outras coisas, isso ajuda a driblar pensamentos ruins“, afirma Dr. Fabiano de Abreu.

3. Evite Pessoas Tóxicas: Não se envolva com pessoas que têm comportamentos negativos, prejudiciais ou que afetam sua saúde mental. Isso não significa perder empatia, mas sim cuidar de si mesmo primeiro“, ressalta.

4. Entretenimento Positivo: “Assista a filmes ou séries que estimulem pensamentos positivos e levem sua imaginação para lugares agradáveis, esses momentos ajudam tanto a se distrair, quanto a relaxar a sua mente“.

5. Reduza o Uso das Redes Sociais: “Se você está procurando ajuda, saiba que as redes sociais podem ser prejudiciais. Considere reduzir ou abandonar temporariamente as redes e observe como isso pode melhorar sua vida em algumas semanas. Atualmente, as redes sociais são o principal gatilho para doenças mentais“, destaca Dr. Fabiano de Abreu.

Sobre Dr. Fabiano de Abreu Agrela

O Dr. Fabiano de Abreu Agrela Rodrigues, é um Pós-doutor e PhD em neurociências eleito membro da Sigma Xi, The Scientific Research Honor Society e Membro da Society for Neuroscience (USA) e da APA – American Philosophical Association, Mestre em Psicologia, Licenciado em Biologia e História; também Tecnólogo em Antropologia e filosofia com várias formações nacionais e internacionais em Neurociências e Neuropsicologia. Pesquisador e especialista em Nutrigenética e Genômica. É diretor do Centro de Pesquisas e Análises Heráclito (CPAH), Cientista no Hospital Universitário Martin Dockweiler, Chefe do Departamento de Ciências e Tecnologia da Logos University International, Membro ativo da Redilat, membro-sócio da APBE – Associação Portuguesa de Biologia Evolutiva e da SPCE – Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação. Membro das sociedades de alto QI Mensa, Intertel, ISPE High IQ Society e Triple Nine Society. Autor de mais de 200 artigos científicos e 15 livros.

Deixa o seu comentário