5 de Março, 2024
Edit Content
Agressão física à profissionais de saúde preocupa Ordem dos Enfermeiros de Angola
AngolaNotícia

A Ordem dos Enfermeiros de Angola (ORDENFA) está preocupada com casos de agressão física, por parte de algumas famílias, contra os profissionais de saúde (enfermeiros), tendo denunciado o surgimento de alguns actos do género uns até chegam a terminar em morte.

A denúncia foi feita, recentemente, pelo bastonário da ORDENFA, Paulo Luvualo, por ocasião do VI Congresso Internacional da Ordem dos Enfermeiros de Angola, realizado em Luanda e teve como objetivo analisar o grau de satisfação dos profissionais de enfermagem nas unidades sanitárias do país.

Paulo Luvualo denunciou, também, actos de vandalização das unidades sanitárias, e por este facto apelou aos cidadãos no sentido de dar fim a estes tipos de comportamento, “pois estes em nada dignificam o povo angolano”.

“Continuaremos ao lado dos profissionais de enfermagem que pautam pelos princípios éticos, deontológicos e profissionalismo, porque só assim será possível proteger e cuidar as pessoas como cada uma merece”, garantiu Paulo Luvualo.

Por outro lado, o bastonário da ORDENFA augurou que o Sistema Primário de Saúde seja capaz de orientar suas estruturas e funções para os valores de equidade e solidariedade, ao direito de todo ser humano de gozar do mais alto nível de saúde, que pode ser alcançado sem distinção de raça, crença religiosa, opção politica e condição económica ou social.

Para ele os princípios necessários para manter um sistema dessa natureza passam pela capacidade de responder de forma equitativa e equitativa e eficiente as necessidades de saúde dos cidadãos, incluindo a capacidade de monitorar o progresso para a melhoria e renovação.

A ORDENFA apelou às entidades decisórias, para um maior empenho e esforços, das no sentido da melhoria das condições de trabalho, bem como na admissão de capital humano para o sector.

Fonte: JA

Deixa o seu comentário