23 de Julho, 2024
Edit Content
Autoridades de saúde mapeiam prevalência da hepatite B em Angola
EstudoNotícia

Dados definitivos sobre a prevalência da hepatite B em Angola estão prestes a ser disponibilizados, segundo informações prestadas nesta segunda feira pela diretora do Instituto Nacional de Luta contra o VIH/SIDA, Maria Lúcia Furtado. Esses dados, coletados através do Inquérito de Indicadores Múltiplos e de Saúde 2023-2024, serão essenciais para aprimorar o controle da doença no país.

Pela primeira vez, o país terá números precisos e segmentados por província, permitindo uma análise mais abrangente da situação e direcionamento de ações mais eficazes.

Embora os indicadores atuais sugiram uma prevalência de 2% no país, a expectativa é que os novos dados revelem um panorama mais preciso da realidade da hepatite B em Angola.

A hepatite B é uma doença infecciosa que ataca o fígado, causada pelo vírus HBV. Presente no sangue e secreções corporais, o vírus pode ser transmitido por diversos meios, incluindo contato sexual, contato com sangue contaminado e transmissão vertical de mãe para filho.

Com a finalização dos exames laboratoriais e a divulgação dos novos dados de prevalência, espera-se que Angola intensifique suas ações no combate à hepatite B.

Foco Saúde//

Deixa o seu comentário