15 de Junho, 2024
Edit Content
Bié regista mais de dois mil novos casos de HIV/Sida em 2023 
Notícia

Dois mil seiscentos e setenta e oito novos casos de HIV/Sida foram diagnosticados em 2023, nas unidades hospitalares da província do Bié, contra os dois mil 372 do igual período anterior. 

A informação foi avançada esta quarta-feira, na cidade do Cuito, pelo chefe de departamento da saúde pública e controla de grandes endemias, Isaías Cambissa. 

O responsável sublinhar que no total foram testadas 97 mil 900 pessoas (gestantes, jovens e adultos), mais 17 mil 226. 

No ano em referência foram registados 50 óbitos, menos oito de 2022. 

Nos casos positivos, o município do Cuito lidera com mil 801 casos, seguido do Andulo (287), Chinguar (122), Cuemba (116), Camacupa (113), Nharêa (75), Cunhinga (56), Catabola (55) e Chitembo (53). 

No âmbito do programa de luta contra a enfermidade, Isaías Cambissa explicou que foram ainda distribuídos 115 mil e 600 preservativos e panfletos de divulgação, que retratam as formas de transmissão e prevenção da doença. 

Este ano, reafirmou, os desafios vão continuar a centrar-se na formação e capacitação dos técnicos, ampliação da capacidade de testagem, reforço da mobilização da população sobre os cuidados a ter com a doença e sobretudo o combate à estigmatização para com os portadores do VIH/Sida. 

Nas acções de sensibilização, o sector da saúde no Bié tem apoios da Cruz Vermelha de Angola (CVA), da Associação de Jovens na Luta contra a Sida (AJOSIDA) e da organização juvenil do MPLA (JMPLA). 

Com aproximadamente dois milhões de habitantes, a província do Bié dispõe de 190 unidades hospitalares, distribuídos nos nove municípios, com quatro mil 749 funcionários, dos quais 255 médicos, dois mil 280 enfermeiros, 379 técnicos de diagnósticos terapêuticos e mil 64 trabalhadores administrativos. 

Fonte: Angop 

Deixa o seu comentário