4 de Março, 2024
Edit Content
Cabo Verde confirma 12 casos de dengue e prepara campanhas
África

O município da Praia, capital de Cabo Verde, tem 12 casos confirmados de dengue, anunciou hoje a delegada local de saúde, após uma reunião das autoridades para preparar campanhas de limpeza e sensibilização.

“Aqui na Praia, temos 24 casos suspeitos e 12 casos confirmados de dengue”, referiu Ulardina Furtado, que fez um apelo à população para eliminar focos de propagação de mosquitos, que são o vetor de transmissão da doença.

“Há um consenso de que é preciso fazer sensibilização em termos de limpeza e higiene para uma diminuição do risco de criação de mosquitos”, nomeadamente, eliminação de águas paradas e remoção de lixo da via pública.

O encontro de hoje juntou a Comissão Municipal de Saúde e a Delegacia de Saúde da Praia, que vão avaliar o decorrer das campanhas e o evoluir da situação.

“Se for necessário e se as normas assim permitirem”, as duas entidades ponderam fazer uma proposta às autoridades no sentido de “parar a cidade por um dia”

Ulardina Furtado referiu que a data apara mobilizar a população para a limpeza, referiu Fernando Jorge Pinto, vereador com o pelouro da saúde no município da capital. propor poderá ser 01 de dezembro.

“O mosquito da dengue pode voar para longe e infetar oito pessoas ao mesmo tempo”, ilustrou, alertando que, no limite, “a dengue hemorrágica pode levar à morte”.

“Não é caso para alarmar [a população], mas se trabalharmos na prevenção, teremos melhores resultados”, concluiu.

A ministra da Saúde de Cabo Verde tinha anunciado na segunda-feira que havia sete casos confirmados e 58 suspeitos em todo o arquipélago — incluindo a capital.

Na mesma ocasião, Filomena Gonçalves apelou à mobilização, depois de um surto em 2009, que provocou mais de 21.000 casos.

Segundo a governante, as autoridades de saúde cabo-verdiana estão a trabalhar em “estreita colaboração” com a Organização Mundial de Saúde (OMS) e com o Instituto Pasteur, em Dacar, Senegal.

Noutra ocasião, em 2015, foram detetados cerca de 7.000 casos de zika no arquipélago, outra doença também transmitida pelo mesmo tipo de mosquito.

Cabo Verde tem em curso o processo de certificação internacional pela OMS da erradicação da malária, uma vez que o país entrou no quarto ano sem registo de qualquer caso de transmissão local.

Não obstante a dengue também ser uma doença transmitida por mosquitos, a ministra garantiu que a situação atual “não tem nada a ver” com o processo de certificação da erradicação do paludismo.

Fonte: Notícia ao Minuto

Deixa o seu comentário