30 de Maio, 2024
Edit Content
Dia Internacional da Incontinência Urinária: Tipos e principais causas
Efeméride

O Dia Mundial da Incontinência Urinária (IUI), é uma data crucial para conscientização dessa condição de saúde que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Apesar de ser um problema prevalente, a Incontinência Urinária ainda é cercada por tabus e vergonha, impedindo muitos indivíduos de buscar o diagnóstico e tratamento adequados.

A incontinência urinária é a perda involuntária de urina. Essas perdas frequentemente estão associadas ao enfraquecimento dos músculos do pavimento pélvico e/ou à hiperatividade não controlada da bexiga, dependendo da causa e do grupo etário a que se refere.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reconhece a Incontinência Urinária como um problema de saúde pública global, afetando cerca de 400 milhões de pessoas em todo o mundo. As mulheres são as mais afetada, mas também existem vários homens afetados.

Principais causas da Incontinência Urinária

A incontinência urinária é um problema multifatorial, geralmente causado por uma combinação de fatores relacionados a bexiga (Bexiga hiperativa, Instabilidade do detrusor, diminuição da capacidade da bexiga) e fatores relacionados ao esfíncter urinário(Fraqueza do esfíncter urinário e danos ao esfíncter urinário), o esfíncter urinário é uma estrutura muscular que abre e fecha fazendo o controle da passagem da urina.

Tipos de Incontinência Urinária

Incontinência Urinária de Urgência: Causada por contrações anômalas e involuntárias da bexiga, que empurram a urina através da uretra sem aviso prévio, levando a perdas.

Incontinência Urinária de Esforço: O esforço físico (exercício, tosse ou espirro) coloca pressão sobre a bexiga, e a uretra é incapaz de permanecer fechada, resultando em perdas de urina. Nesse caso, a anomalia ou fraqueza está na uretra ou no pavimento pélvico.

Incontinência Urinária Mista: Coexistência de sintomas de Incontinência Urinária de Urgência e Incontinência Urinária de Esforço. O tratamento envolve abordar ambas as formas de incontinência.

Incontinência Urinária de Refluxo: Perda involuntária de urina devido à sobredistensão de uma bexiga hipotônica (pouca resistência no músculo).

Incontinência Urinária Funcional: Ocorre quando o paciente, após reconhecer a necessidade de urinar, não consegue chegar a tempo ao banheiro devido à mobilidade limitada ou doença neurológica.

Fatores de Risco para a incontinência urinária incluem parto vaginal, menopausa, infecções urinárias recorrentes, histerectomia, tabagismo e obesidade.

O diagnóstico da incontinência urinária envolve consulta médica, avaliação dos sintomas e exames específicos. O tratamento varia de acordo com o tipo e a causa da incontinência.

Deixa o seu comentário