12 de Junho, 2024
Edit Content
Dia Internacional da Conscientização sobre o HPV: Tudo o que precisa saber sobre o vírus
Efeméride

O HPV, ou Papilomavírus Humano, é um vírus muito comum que se transmite através do contato sexual e pode causar diversos problemas de saúde, desde verrugas até câncer. Existem mais de 100 tipos de HPV, alguns mais perigosos que outro

Segundo a OMS, dados de até 2023 aponta que 420 milhões de pessoas no mundo estão infectadas com o HPV, 6,2 milhões de pessoas são infectadas com novos tipos de HPV a cada ano e 90% das mulheres sexualmente ativas serão infectadas pelo HPV em algum momento de suas vidas. (OMS, 2023)

Doenças causadas pelo HPV

O papilomavírus humano (HPV) é um vírus muito comum que pode causar uma variedade de doenças. Existem mais de 100 tipos diferentes de HPV, e alguns tipos são mais propensos a causar câncer do que outros.

As doenças causadas pelo HPV podem ser:

Verrugas genitais: são o crescimento macio e carnudo que pode se desenvolver na região genital ou anal. Eles são causados ​​por tipos de HPV de baixo risco e não são cancerosos. No entanto, as verrugas genitais podem ser desconfortáveis ​​e constrangedoras.

Câncer: pode ser causado por tipos de HPV de alto risco, que pode ocasionar câncer do colo do útero, vagina, vulva, pênis, ânus e garganta.

Outras doenças causadas pelo HPV incluem:

Papilomatose respiratória recorrente (RRP): É uma doença rara que causa crescimentos nas vias aéreas.

Epidermodisplasia verruciforme congênita (EV): É uma doença genética rara que torna a pessoa mais propensa a desenvolver verrugas cutâneas.

Como o HPV é transmitido

O HPV é transmitido por contato direto com a pele ou mucosas infectadas. Isso pode acontecer por meio de:

Contato sexual

Contato pele a pele

Compartilhamento de objetos pessoais, como toalhas ou roupas

Como prevenir o HPV

Existem várias maneiras de prevenir o HPV, incluindo:

Vacinação: Existem vacinas disponíveis para proteger contra os tipos de HPV mais comuns que causam câncer e verrugas genitais.

Uso de preservativos: Os preservativos podem ajudar a reduzir o risco de transmissão do HPV.

Prática de sexo seguro Isso inclui ter um número limitado de parceiros sexuais e ser testado regularmente para DSTs.

Realizar exames periódicos para detectar o HPV precocemente

Sintomas do HPV

É importante ressaltar que nem todas as pessoas infectadas pelo HPV apresentam sintomas, e a maioria das infecções são eliminadas pelo sistema imunológico naturalmente.

Sintomas mais comuns:

Verrugas genitais: “Caroços” na região genital ou anal, que podem coçar, arder e até sangrar um pouquinho.

Verrugas vulgares: Pequenas e ásperas, geralmente nas mãos, dedos e pés.

Verrugas plantares: Verrugas doloridas na planta dos pés.

Papilomas laríngeos: Crescimentos nas cordas vocais, que podem deixar a voz rouca e dificultar a respiração.

O Dia Mundial da Conscientização sobre o HPV é um momento crucial para reforçar a importância da prevenção e combater o estigma associado a este vírus. Através da informação, educação e acesso à vacinação, podemos proteger milhões de pessoas contra as graves consequências do HPV.

Fonte: Organização Mundial da Saúde, The Lancet, Global Cancer Observatory, Instituto Nacional do Câncer (INCA) / Brasil.

Deixa o seu comentário