5 de Março, 2024
Edit Content
Gene da juventude? Descubra a variante genética relacionada com maior longevidade
Blog

As lendas mais antigas sobre uma fonte da juventude datam do século XVI, mas até hoje a procura por algo que proporcione uma vida longa, uma pele jovem e uma boa saúde por muito tempo ainda continua.

No entanto, apesar de saber que há um conjunto de hábitos, cuidados e atitudes que influenciam não apenas a extensão, mas também a qualidade de vida, existe um fator que possui grande influência na longevidade, a genética, como explica a cirurgiã plástica especialista em rejuvenescimento, Dra. Elodia Avila, idealizadora e apresentadora do podcast “O segredo da Longevidade“.

Nós herdamos diversos traços genéticos da nossa família que influenciam nossa saúde e expectativa de vida. Eles podem influenciar tanto hábitos, presença de doenças, como envelhecimento da pele e vitalidade, por exemplo. Por isso, para quem busca uma longevidade saudável é importante compreender que a nossa predisposição genética permite adotar medidas preventivas, como estilos de vida saudáveis, exames regulares e monitoramento médico“.

rs9536314: O gene que influencia a nossa longevidade

Existem diversos genes que têm impacto na nossa longevidade que atuam em sintonia, no entanto, a variante genética rs9536314 é a mais famosa, chamada de “gene da juventude”.

Em vários casos, a homozigose é um duplo fator de aumento ou não da predisposição genética para um fator. No caso específico da variante rs9536314,  possuir uma cópia está relacionado ao aumento da longevidade e/ou função executiva do indivíduo. Isso significa que pessoas com esta variante em um teste genético, têm maior longevidade.

Existe um gene da juventude?

De acordo com a Dra. Elodia Avila, a genética não dita se vamos ser longevos ou não, mas é um forte indicativo que pode ser estimulado ou ter a sua influência reduzida.

A genética é um fator muito significativo para determinar nossas características , mas não o único, para determinar a juventude e longevidade, suas escolhas diárias, como alimentação balanceada, exercícios e hábitos saudáveis, têm impacto na expressão dos genes“.

Além disso, um gene isolado não pode determinar muita coisa, a própria variante rs9536314, apesar de ser a mais famosa, não atua sozinha, é preciso analisar mais a fundo os demais genes e a variável genética que eles possuem“.

Hoje, através de dados genéticos, é possível saber a predisposição de alguém em relação à longevidade e trabalhar de acordo com o resultado para que ela tenha uma vida longa e saudável. Por isso, cada vez mais os testes genéticos têm se mostrado presentes em projetos de rejuvenescimento“, destaca a Dra. Elodia Avila.

Sobre a Dra. Elodia Avila
Dra. Elodia Avila é uma cirurgiã plástica, formada em medicina pela USP e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Desenvolveu o conceito estético de Estrutura Facial baseado na Análise-Facial Tridimensional – cálculos matemáticos individuais que ajudam a direcionar melhor os tratamentos estéticos e obter melhores resultados. Escritora, entrevistadora e Artista Plástica. Tem o QI de 141 pontos comprovados e faz parte de grupo de adultos com alto QI GAIA/QI.

Deixa o seu comentário