4 de Março, 2024
Edit Content
Instituto de Anatomia Forense vai agregar serviços de cremação
ÁfricaNotícia

O primeiro Instituto de Anatomia Forense do país vai agregar serviços de cremação de corpos humanos, de formação para médicos, técnicos de diagnósticos e áreas de ciências policiais, informou terça-feira, em Luanda, o secretário de Estado da Saúde para Área Hospitalar, Leonardo Inocêncio.

O instituto está a ser erguido no distrito da Camama, município do Talatona, em Luanda, numa área de oito mil e 897 metros quadrados e será equipado com material de última geração.

Segundo o secretário, que prestou breves explicações à imprensa, no quadro da visita de constatação do Presidente da República, João Lourenço, o instituto terá uma componente mista, concretamente medicina legal e criminalística.

Na ocasião, o engenheiro Eric Seita disse que a instituição terá duzentas gavetas, duas salas de autópsia de anatomia patológica e criminalística.

Eric Seita, integrante da equipa de fiscalização da empresa responsável pela obra, disse que os trabalhos estarão concluídos em Novembro próximo.

As obras iniciaram em Junho de 2022.

No quadro da jornada de campo, o Presidente João Lourenço constatou também o grau de execução das obras de ampliação e modernização do Hospital Geral dos Cajueiros, no município do Cazenga.

Acompanhado do governador de Luanda, Manuel Homem, entre outras entidades, o estadista percorreu as distintas áreas do instituto, orçado em 8.448,979.581.27 de Kwanzas.

Fonte: Angop

Deixa o seu comentário