15 de Abril, 2024
Edit Content
Mortes por malária reduzem no Cuanza-Norte
AngolaNotícia

Duzentos e 29 casos de mortes por malária foram registados, de Janeiro a Dezembro de 2023, na província do Cuanza-Norte, verificando-se uma redução de 14 óbitos comparativamente ao ano 2022.

Segundo a directora do Gabinete Provincial da Saúde do Cuanza-Norte, Maria Filomena Wilson, que falava esta quinta-feira à ANGOP, os municípios do Cazengo e de Cambambe são os que mais óbitos registaram.

Informou que, em 2023, foram diagnosticados 354 mil 935 casos positivos desta doença, com maior incidência em crianças menores de cinco anos de idade, contra os 314 mil 935 registos de 2022.

A redução de casos de morte por esta patologia, de acordo com a fonte, deve-se às acções de educação da população sobre o tratamento atempado dos pacientes e o reforço da distribuição de fármacos às unidades sanitárias.

Já o aumento de casos de malária relacionou-o ao saneamento deficitário e a inobservância das medidas de prevenção da doença, com destaque a recusa do uso de mosquiteiro impregnado com insecticidas.

A província do Cuanza-Norte é considerada uma das regiões endémicas em termos de malária.
Fonte: Angop

Deixa o seu comentário