4 de Março, 2024
Edit Content
Saúde biomecânica: Estudo analisa benefícios de técnicas de movimento utilizadas no yoga
ArtigosEstudo
Foco Saúde

Preservar a saúde articular e muscular – saúde biomecânica – é essencial para manter uma boa mobilidade, qualidade de vida e longevidade saudável, evitando lesões e mantendo a capacidade de realizar tarefas simples do dia a dia.

No entanto, essa nem sempre é uma tarefa simples, o que faz com que muitos cheguem à terceira idade com dificuldades de locomoção e mobilidade. Mas é possível prevenir essa deterioração da saúde biomecânica através de algumas técnicas e algumas das mais conhecidas são o desestresse mecânico, o desbloqueio articular e a variedade de movimentos articulares.

Um novo estudo publicado na revista científica “Ciencia Latina Revista Científica Multidisciplinar” do Professor de yoga, mestrando em neurociências e naturopata, Ravi Kaiut, em parceria com o ortopedista Dr. Luiz Felipe Carvalho e com o Pós PhD em neurociências, Dr. Fabiano de Abreu Agrela, analisa a fundo os benefícios dessas técnicas para a saúde biomecânica.

Manter-se jovem por mais tempo

De acordo com o estudo, a utilização das técnicas de estimulação do corpo beneficia a saúde das articulações e reduz a incidência de lesões.

“O nosso estudo traz diversos indicadores dos resultados positivos da diversidade de movimentos e estimulação das articulações para a saúde que ajudam a um envelhecimento saudável, como a melhora da mobilidade e flexibilidade, redução de tensões, qualidade do sono e até mesmo bem-estar mental e emocional“, explica Ravi Kaiut.

Yoga e o cuidado com a saúde biomecânica

Os métodos analisados são características muito presentes na prática de yoga, mais especificamente no Kaiut Yoga, um método brasileiro exclusivo que une as práticas milenares às necessidades modernas através a estimulação diversa das articulações, relaxamento das articulações e redução do estresse negativo muscular e articular“.

Além disso, o fortalecimento muscular, flexibilidade e aprimoramento de funções como estabilidade, suporte, relaxamento e maior amplitude de movimento ajudam a melhorar a qualidade de vida dos praticantes“, ressalta Ravi Kaiut.

 

Sobre Ravi Kaiut
Ravi Kaiut é professor de yoga, naturopata e pesquisador em neurociência, foi diagnosticado aos 4 anos com Síndrome de Legg Perthes, doença genética que destrói o quadril e causa grandes dores, como parte do tratamento passou a praticar Yoga, se apaixonou e decidiu que deveria compartilhar seu conhecimento com o mundo. Campeão brasileiro de fisiculturismo e 10º melhor do mundo, pelo Campeonato Brasileiro de Fisiculturismo e Fitness, da Federação IFBB. Ensina yoga atualmente na unidade principal do Kaiut Yoga  em Curitiba e on-line!

Deixa o seu comentário