30 de Maio, 2024
Edit Content
Sete formas de controlar a tensão arterial sem medicação
Assistência MédicaSaúde

Foi ao médico e tem os valores de tensão arterial demasiado altos? Trata-se de um problema discreto, mas que tem um impacto muito significativo na saúde e, infelizmente, aumenta o risco de condições muito sérias. Para controlar os níveis tem mesmo de fazer certas mudanças no seu dia a dia. Quer ajuda?

Sete formas de controlar a tensão arterial (sem medicação): 

  1. Faça exercício regularmente. É uma forma simples de fazer os níveis descer muito. Kathryn Harris, uma cardiologista, citada na Self, aconselha “mais de 30 minutos de movimento de intensidade moderada, como uma caminhada, e, no mínimo, em três dias todas as semanas; 
  2. Reduza o consumo de sódio. Deve consumir diariamente quantidades abaixo dos 2300 miligramas e, idealmente, abaixo dos 1500 mg, caso sofra de hipertensão, recomenda a American Heart Association; 
  3. Encha o prato de frutas e vegetais. Segundo a cardiologista, ao incluir de uma forma consistente estes alimentos na dieta, “os resultados são impressionantes – e comparáveis à utilização de medicamentos”; 
  4. Tente garantir sempre um sono de qualidade, ou seja, com a duração de sete horas ou mais, todos os dias. Estelle Darlyse Jean, outra cardiologista, explica que “um sono insuficiente pode levar à hipertensão, assim como a outros fatores de risco para a saúde do coração”; 
  5. Limite o consumo de álcool porque “não só aumenta a tensão arterial para além da norma recomendada de uma bebida por dia para as mulheres e duas para os homens, como também pode tornar os medicamentos para a tensão arterial menos eficazes”, explica a cardiologista; 
  6. Coma mais alimentos com probióticos. Cientistas “acreditam que os desequilíbrios no complexo ecossistema que são os milhares de milhões de micróbios que habitam o nosso aparelho digestivo contribuem para a hipertensão” e, aliás, uma investigação em curso sugere que “os probióticos podem ajudar a restaurar o equilíbrio”; 
  7. Controle o stress. Já foi identificado que “os fatores de stress social, o stress no trabalho, assim como o baixo estatuto socioeconómico e a discriminação, aumentam o risco de hipertensão”. 

Fonte: notícias ao minuto

Deixa o seu comentário