22 de Julho, 2024
Edit Content
Startup lança em Luanda plataforma de acompanhamento a mulheres grávidas
HealthtechNotícia

A plataforma de acompanhamento a mulheres gestantes, por via de mensagens, com conselhos e lembretes de consultas, denominada “Monami”, foi apresentada, esta quarta-feira, em Luanda, pela empresa Appy People, com o objectivo de garantir uma gravidez saudável.

O projecto piloto foi implementado na Maternidade Lucrécia Paim, com o apoio da Fundação Calouse Gulbenklan e da Unitel, segundo o director geral da Appy People.

Pedro Baião explicou que a plataforma “Monami” visa trazer informações sobre nutrição, lembretes de consultas, bem como reforçar os conhecimentos sobre saúde materna, contemplando um sistema de voz, para mulheres que vivem em zonas recônditas e que não sabem ler. 

A directora geral do Hospital Materno Infantil Azancot Menezes disse que a plataforma “Monami” vai ajudar as mulheres a ter informações sobre medidas de prevenção de complicações na gravidez, que podem levar à morte.

Manuela Mendes deu a conhecer que, num ano, foram atendidas pela plataforma “Monami” cerca de 30 mil mulheres.

 Mortalidade neonatal

A directora geral do Hospital Materno Infantil Azancot de Menezes afirmou que a mortalidade materna e neunatal em Angola diminuiu significativamente, comparando com os últimos 15 anos, devido, sobretudo, ao aumento de infra-estruturas para apoiar a mulher durante a gravidez, bem como à formação de quadros da área de saúde materna.

Manuela Mendes explicou que a hipertensão arterial é uma das principais causas de morte de mulheres grávidas em Angola, sobretudo quando não são bem acompanhadas e não têm um plano definido para o parto.

Fonte: JA

Deixa o seu comentário