30 de Maio, 2024
Edit Content
Combate à malária em angola ganha reforço com investimento da USAID e promessa de vacina
Notícia
Na comemoração do Dia Mundial da Malária, celebrado ontem, 25 de Abril, a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) anunciou a intenção de trabalhar para a implementação da vacina contra a malária em Angola. O objetivo é erradicar a doença que ainda representa um grande desafio de saúde pública no país.

Combate à malária com foco na vacina

A implementação da vacina contra a malária em Angola representará um novo capítulo na luta contra a doença. A vacina, que já vem sendo testada em outros países, tem o potencial de reduzir significativamente o número de casos e mortes por malária.

Investimentos da USAID para a saúde em Angola:

De acordo com a Administradora da USAID, Samanta Power, desde 2015 a agência já investiu 415 milhões de dólares no combate à malária em Angola. Estes recursos têm sido utilizados para financiar diversas ações, como:

  • Distribuição de mosquiteiros impregnados com inseticida;
  • Campanhas de educação em saúde;
  • Fortalecimento do sistema de saúde;
  • Investigação e desenvolvimento de novas ferramentas para o combate à malária.

O anúncio da USAID durante o Dia Mundial da Malária reforça o compromisso da agência com a saúde do povo angolano. A implementação da vacina contra a malária, aliada às outras medidas já em curso, tem o potencial de fortalecer a saúde a nível nacional.

Foco Saúde//

Deixa o seu comentário