4 de Março, 2024
Edit Content
Dia da luta contra a SIDA – A SIDA em Angola
AngolaBlogSaúde

Hoje dia 1 de dezembro assinala-se o dia contra a SIDA

A SIDA é uma doença grave causada pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV). O HIV é um vírus que tem como alvo o sistema imunitário, que é responsável por defender o organismo das infeções e das doenças. No estágio avançado da SIDA, o sistema imunológico enfraquece de maneiras que o corpo não consegue combater as infecções oportunistas, e consequentemente pode levar à morte.

No entanto, com tratamento, a SIDA pode ser controlada. O tratamento para a SIDA consiste em medicamentos antirretrovirais (ARVs). Os ARVs ajudam a reduzir a quantidade de HIV no sangue. Os mesmos também podem ajudar a prevenir a transmissão do HIV para outras pessoas.

Incidência da sida em angola

Segundo a ONUSIDA, Angola conta com cerca de 310.000 pessoas vivendo com o VIH/Sida e tem um registo anual de 15.000 novas infeções e de cerca de 13.000 mortes relacionadas com a doença.

As principais causas da sida são:

  • Sexo desprotegido: O sexo desprotegido é a principal forma de transmissão do HIV . O vírus pode ser transmitido através do contato com fluidos corporais infectados, incluindo sangue, sêmen, fluidos vaginais.
  • Transmissão vertical de mãe para filho: O HIV pode ser transmitido da mãe para o filho durante a gravidez, o parto ou a amamentação.
  • Partilha de objectos cortantes contaminadas.

Prevenção

A principal medida de prevenção da sida é o uso de preservativo, masculino ou feminino, durante as relações sexuais. Previne-se também da SIDA, não partilhando objetos que possam ter estado em contacto com o sangue, nomeadamente agulhas e seringas (bem como todo o material envolvido na preparação da injeção), lâminas de barbear, escovas de dentes.

Estígma e Descriminação

O estigma e a discriminação do HIV são um problema global. Eles ocorrem em todos os países, independentemente do nível de desenvolvimento econômico ou social. Para a pessoa acometida pela doença, o estigma e a descriminação podem provocar isolamento social, dificuldade em aceitar o tratamento, perda de emprego, violência etc.

No entanto, educar as pessoas sobre o HIV e suas formas de transmissão e criação de legislação que  expressamente proíbe a descriminação com pessoa com HIV pode ajudar a quebrar os mitos e preconceitos que levam ao estigma e à discriminação.


Deixa o seu comentário