15 de Junho, 2024
Edit Content
Novo teste deteta 18 tipos de cancro nas fases iniciais, dizem cientistas
CiênciaInternacional

Cientistas desenvolveram um teste de ADN (ácido desoxirribonucleico) capaz de identificar 18 tipos de cancro nas fases iniciais.
Trata-se de um teste capaz de analisar as proteínas do sangue e pode representar uma “mudança de paradigma” na medicina, afirmam os investigadores, citados no The Guardian.
De acordo com uma equipa de cientistas da Novelna, empresa de biotecnologia americana, o teste mostrou-se mais eficaz do que “outros que dependem do ADN do tumor no sangue e tinha uma sensibilidade muito maior”.
Mais especificamente, ao analisar as proteínas do plasma sanguíneo, os especialistas conseguiram diferenciar as amostras de cancro das normais e até distinguir entre diferentes tipos de cancro “com elevada precisão”, afirmam na BMJ Oncology. Para além disso, a investigação encontrou algumas provas de que os sinais das proteínas do cancro podem ser específicos do sexo, acrescentam.
Para testar a eficácia do teste, os investigadores analisaram amostras de plasma sanguíneo recolhidas de 440 pessoas diagnosticadas com 18 tipos diferentes de cancro e de 44 dadores de sangue saudáveis.
Graças a isto, “no estádio I (o estádio mais precoce do cancro) e com uma especificidade de 99%, os painéis foram capazes de identificar 93% dos cancros nos homens e 84% dos cancros nas mulheres”.
Explicam ainda que “os painéis de localização específicos por sexo consistiam em 150 proteínas” e, além disso, “foram capazes de identificar o tecido de origem da maioria dos cancros em mais de 80% dos casos”.
Por último, afirmam que o teste poderia ajudar a “reformular as diretrizes de rastreio” e a criar uma alternativa “altamente precisa e económica”, capaz de “ser implementada à escala da população”.
Mesmo assim, a equipa afirmou que o tamanho relativamente pequeno da amostra significava que são necessários mais estudos em grupos maiores de pessoas.
Fonte: Notícia ao minuto

Deixa o seu comentário