30 de Maio, 2024
Edit Content
Zaire carece de centro de internamento de pacientes com tuberculose
AngolaNotícia

A província do Zaire carece de um centro para o internamento de pacientes com tuberculose, bem como de fármacos para o tratamento da doença, informou, esta segunda-feira, o supervisor provincial do programa de combate à tuberculose.

Massaka Faustino Domingos, que falava à ANGOP, frisou que os casos positivos têm sido acompanhados de forma ambulatória.

Explicou que o acompanhamento ambulatório de um paciente com bacilo de Koch, como também é conhecida esta enfermidade, acarreta sérios riscos, por ser uma doença altamente contagiosa.

Quanto aos fármacos, informou que o Zaire está há 30 dias que não recebe novas remessas do Ministério da Saúde,  situação que pode desequilibrar a posologia (indicação de doses) recomendada aos doentes e resultar em resistência do bacilo à medicação.

Num outro desenvolvimento, o supervisor do programa de combate à tuberculose informou que a província diagnosticou 803 novos casos da doença, de Janeiro a Dezembro de 2023, menos 45 registos do que o ano anterior.

Os novos casos foram diagnosticados em pessoas com idades entre 15 a 55 anos, sendo que 45 destes são portadores do vírus do VIH.

Neste período, segundo o responsável, morreram cinco pacientes, sendo quatro no município de Mbanza Kongo e um no Soyo, enquanto 129 foram recuperados. 

A tuberculose é uma doença infecciosa e transmissível que afecta prioritariamente os pulmões.

A doença é causada por uma bactéria mais conhecida por bacilo de Koch, (em homenagem ao patologista e bacteriologista alemão, Robert Koch), que estudou e descobriu a sua causa. 

O principal sintoma da tuberculose pulmonar é a tosse na forma seca ou produtiva, incluindo a Febre vespertina.

Fonte: Angop

Deixa o seu comentário