15 de Junho, 2024
Edit Content
Cabinda prevê formar mil especialistas da Saúde
AngolaNotícia

Mil profissionais do Hospital Geral de Cabinda serão especializados, em diferentes áreas, até 2027, informou quinta-feira, nesta cidade, o secretário de Estado da Saúde para a Área Hospitalar, Leonardo Inocêncio.

O responsável falou na cerimónia de atribuição de nome a unidade sanitária, que passou a designar-se Hospital Geral de Cabinda “Ervanário” Luís Gomes Sambo.

A cerimónia foi testemunhada pela governadora de Cabinda, Mara Quiosa, e pelo antigo ministro da Saúde, Luís Gomes Sambo.

Segundo Leonardo Inocêncio, 278 médicos estão a frequentar a unidade hospitalar, em mais de 38 especialidades.

Lembrou que o plano de formação emergencial, implementado pelo Ministério da Saúde (MINSA), prevê a formação, até 2027, de pelo menos 38 mil profissionais do sector, entre médicos, enfermeiros, técnicos de diagnósticos e terapêutico.

Referiu que, para além da formação e melhoria da assistência médica medicamentosa, o ministério vai incentivar e apoiar a publicação de trabalhos científicos de grande relevância em revistas nacionais e internacionais.

O secretário de Estado anunciou, para o mês de Abril próximo, a realização das segundas jornadas científicas do Hospital Geral de Cabinda.

Por seu turno, a governadora de Cabinda, Mara Quiosa, garantiu que o governo vai continuar a homenagear figuras que contribuíram, directa ou indirectamente, no desenvolvimento da província.

Na ocasião, o antigo ministro da Saúde, Luís Gomes Sambo, falou do seu pai como uma figura incontornável que expirou muitos membros da família a seguirem o ramo da saúde.

O referido hospital foi inaugurado em Abril de 2022, pelo Presidente da República, João Lourenço.

Fonte: Angop

Deixa o seu comentário