12 de Junho, 2024
Edit Content
Morreu a cantora portuguesa Sara Tavares aos 45 anos
Internacional

A cantora portuguesa Sara Tavares, diagnosticada com um tumor cerebral, morreu hoje ao final da tarde aos 45 anos, em Lisboa, afirmou à agência Lusa fonte da família.

A notícia da morte da artista, de ascendência cabo-verdiana, foi dada pela estação televisiva SIC, referindo que estava internada no Hospital da Luz, em Lisboa.

Um tumor cerebral é uma massa ou crescimento anormal de células no cérebro. Existem diferentes tipos de tumores cerebrais, e eles podem ser benignos (não cancerosos) ou malignos (câncer). Esses tumores podem se desenvolver a partir das células cerebrais ou de células de outras partes do corpo que se espalham para o cérebro (tumores metastáticos). Elas afetam, anualmente, cerca de 10 a 20 pessoas por cada 100 mil habitantes e, no caso das crianças, 5 por 100 mil habitantes.

Sara Tavares, que também é muito querida em Angola, nasceu em Lisboa em 1978, deu-se a conhecer ainda adolescente nos anos 1990 no concurso televisivo de talentos “Chuva de Estrelas”, da SIC, a interpretar um tema de Whitney Houston.

Pouco depois venceu o Festival RTP da Canção de 1994 com “Chamar as Música”, tema de Rosa Lobato de Faria e João Oliveira, e com o qual obteve o oitavo lugar no Festival Eurovisão da Canção por Portugal.

Dois anos depois, em 1996, Sara Tavares estreou-se com o álbum “Sara Tavares & Shout!”.
A par da carreira em nome próprio, Sara Tavares colaborou com vários nomes da música portuguesa e lusófona, nomeadamente Ala dos Namorados, Dany Silva, Paulo Flores, Buraka Som Sistema e Carlão.

Que a sua alma descanse em paz.

Deixa o seu comentário