4 de Março, 2024
Edit Content
Mortes por meningite diminuem no Huambo 
Notícia

Cento e 10 pessoas, entre crianças e adultos, morrem vítimas de meningite, em 2023, na província do Huambo, contra 125 óbitos ocorridos em 2022. 

Ao confirmar a informação, o responsável do departamento local de Saúde Pública e Controlo de Endemias, Valentim Catolo, disse que as mortes resultaram de 334 casos diagnosticados nos 11 municípios que compõem a província do Huambo, contra os 259 notificados em 2022. 

Informou que a taxa de letalidade da meningite reduziu, significativamente, em 2023, resultante da intensificação das campanhas de sensibilização da população nas comunidades, seguida dos cuidados primários de saúde e dos métodos preventivos, levados a cabo desde 2021. 

Valentim Catolo lembrou que, em 2021, a taxa de mortalidade por meningite fixou-se na ordem dos 51.6 por cento, enquanto em 2022 reduziu para 48.3 por cento e, em 2023, em 33 por cento. 

O responsável reafirmou o compromisso das autoridades sanitárias em continuar a intensificar as campanhas de sensibilização sobre as medidas de prevenção da meningite, para a redução do índice de mortalidade nas comunidades. 

Disse haver muito trabalho por fazer na província do Huambo para baixar a taxa de letalidade aceite mundialmente que se situa, entre 5 à 10 por cento. 

Por isso, aconselhou a população a aderir os serviços básicos de saneamento e consultar as unidades sanitárias, caso venham a sentir sintomas estranhos. 

Fonte: Angop 

Deixa o seu comentário