23 de Julho, 2024
Edit Content
MINSA anuncia Projecto de Formação de Recursos Humanos para Cobertura Universal da Saúde em Angola
AngolaFormação

A Ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, anunciou ontem (6) um plano para alcançar a Cobertura Universal de Saúde em Angola. O plano, que será implementado em parceria com o Banco Mundial, visa formar e capacitar 38.000 profissionais de saúde até 2027.

O plano inclui três componentes principais:

Componente 1: Governança, políticas, currículos e sistemas de informação em Recursos Humanos (7,5% do financiamento).

Componente 2: Formação e reforço das capacidades dos Recursos Humanos (87,5% do valor financiado).

Componente 3: Gestão, acompanhamento e avaliação do projecto (5% do investimento).

A Ministra Lutucuta destacou que o plano dará prioridade à formação especializada em áreas como medicina, enfermagem, diagnóstico e terapêutica. 80% da formação será realizada em Angola, com a colaboração de instituições nacionais e internacionais.

A Ministra também salientou a importância do investimento em recursos humanos para a saúde. Ela disse que o plano irá melhorar a qualidade dos serviços de saúde prestados em todo o país e aproximar Angola da realização da Cobertura Universal de Saúde.

O representante do Banco Mundial em Angola , disse que o plano é um passo importante para alcançar a Cobertura Universal de Saúde em Angola.

O plano é um marco importante para o desenvolvimento do sector da saúde em Angola. O investimento em recursos humanos para a saúde é essencial para garantir que todos os angolanos tenham acesso a serviços de saúde de qualidade.

Outros pontos importantes do discurso da Ministra:

Desde 2005, o sector da saúde tem sido beneficiado com um apoio financeiro substancial do Banco Mundial.

Em 2023, o Governo de Angola firmou uma parceria com o Banco Mundial para a formação especializada de 38.000 profissionais do Sector Saúde.

Desde 2018, foram admitidos nos últimos concursos públicos 41.093 mil novos profissionais em todas as carreiras.

Está em curso um programa de especialização a todos os níveis e carreiras, com 3.202 internos de especialidades em 39 programas de especialização.

O plano prevê a construção de novas unidades hospitalares públicas e privadas em todos os níveis de assistência.

Foco Saúde//

Deixa o seu comentário