4 de Março, 2024
Edit Content
Sanatório do Lubango com défice de médicos especialistas
AngolaNotícia

O Hospital Sanatório do Lubango, na província da Huíla, necessita de quatro médicos das especialidades de medicina interna, infectologia, pneumologia, imagiologia e medicina intensiva, para melhor responder aos casos complexos.

Actualmente a unidade sanitária conta 12 médicos, sendo nove internos de especialidade, um de medicina interna, um médico chefe e outra que está em formação no exterior do país, 10 enfermeiros, 58 técnicos de enfermagem, cinco técnicos de diagnóstico e terapêutica.

Em termos de serviço de diagnóstico terapêutico, conta com 34 técnicos médios, dois técnicos cardio-pneumologistas, um técnico de análises clínicas, igual número de psicólogo e clínico de radiologia. 

A preocupação foi hoje, quinta-feira, avançada à ANGOP, pelo director do Hospital Sanatório do Lubango, Lourenço Kotele, tendo realçado que para além do défice de médicos, a unidade necessita, igualmente, um incremento de quatro enfermeiros especializados e 10 técnicos de diagnóstico terapêutica.

Salientou que o aumento do número  de profissionais vai permitir uma melhor prestação da assistência médica e medicamentosa aos pacientes com doenças de natureza fisiológica  com sintomas respiratórios.

O hospital tem capacidade instalada de 120 camas, distribuídas  nas áreas  de serviços da tuberculose sensível e de  multidroga resistente, conta 207 funcionários, desde médicos a  pessoal administrativo.

Fonte: Angop

Deixa o seu comentário